Notícias

Os erros mais comuns do Light Design

Neste texto, a arquiteta Flora Barros dá dicas para você não errar enquanto trabalha o Light Design na sua casa ou no seu escritório. Boa leitura!

 

 

Engana-se quem pensa que basta colocar uma lâmpada aqui ou ali, que isso já é o suficiente para uma iluminação perfeita do ambiente. As coisas não são tão fáceis assim como se imagina. Tudo, desde a cor da luz ao exagero, deve-se ganhar um cuidado especial.

 

Neste texto, a arquiteta Flora Barros dá dicas para você não errar enquanto trabalha o Light Design na sua casa ou no seu escritório. Boa leitura!


 

Um dos erros mais cometidos é a utilização da mesma temperatura de cor para todos os ambientes. Talvez você ache isso uma bobagem, mas basta alguns minutos no local e logo irá perceber o quanto é importante trabalhar as cores de maneira correta. A arquiteta Flora Barros explica que não podemos usar o mesmo tipo de lâmpada e a mesma temperatura de cor porque "cada ambiente tem uma tarefa específica".

"Em um ambiente você quer estar mais relaxado, no outro você precisa estar mais alerta. Em um ambiente de trabalho, por exemplo, a iluminação é mais clara, mais forte, mais intensa. Já em um quarto, que é onde você vai estar mais relaxado, pode ser mais amarelado, mais fraco. Você vai estar apenas relaxando, não vai precisar de uma luz forte o tempo todo. E se caso for fazer algo, como ler um livro, você pode colocar uma luz que pode ser acesa quando for desempenhar a tarefa. Cada ambiente precisa de uma atmosfera diferente. E essa atmosfera pode ser alcançada pela cor da parede ou dos móveis, mas a iluminação é o carro-chefe", explica a arquiteta.

Outro erro bastante comum é quando deixamos a luz exposta. Ou seja, quando podemos visualizar de onde vem a luz. Segundo Flora Barros, a iluminação perfeita se dá quando não conseguimos ver a fonte de luz – com exceção da luz de filamento, luz retrô, que estão na moda e que servem para ficar expostas. Porém essas luzes são mais fracas, não iluminam todo o ambiente.

"Se a luz ofusca o ambiente e o torna desconfortável, tendo pouca ou muita luz, deve-se achar uma maneira de consertar esse erro. Um jeito fácil de corrigir seria trocar a luminária e colocar uma que tenha um vidro na frente. Isso impede o ofuscamento", diz Flora.

"Um exemplo interessante são os embutidos de piso na parte externa, que ficam direcionados para o prédio, iluminando o edifício. Porém muitos insistem em aplicar uma iluminação mais rasante, o que é errado pois, quando um pedestre passar por cima, ele vai ofuscar. Existe uma coisa chamada honeycomb, que é tipo um favo de abelha, que é mágico. Você o coloca na frente da luminária e não ofusca o pedestre, caso ele volta a passar por cima. O honeycomb é muito interessante para iluminações externas de edifício, pois é necessária uma distância do holofote para o edifício para poder iluminar toda a parede", explica Flora.

Gostou dessas dicas e quer implementar no ambiente?

Para conferir os serviços oferecidos pelo escritório Flora Barros Arquitetura, realizar orçamentos ou tirar dúvidas sobre projetos de arquitetura e iluminação, acesse o site www.florabarros.arq.br ou ligue para (81) 99268.7639.

 

Flora Barros Arquitetura está localizada em Recife e especializado em Projetos de Light Design (Iluminação) e também: Projetos de Arquitetura e Urbanismo, Projetos de Construção, Processos de Regularização Fundiária e Lei do Puxadinho. Para entrar em contato com o escritório, ligue para o Fone: (81) 99268.7639, e-mail: contato@florabarros.arq.br – Website: www.florabarros.arq.br

 

Página Relacionada: www.florabarros.arq.br

Matéria no NoticiadorWeb: Os erros mais comuns do Light Design

Autor: Blog da Usinagem

Data de Publicação: 02/05/2019

Esta notícia já foi visualizada 366 vezes.

Esta notícia ainda não tem comentários.

Deixe um comentário

Nome  
E-mail  
Telefone  

Desejo receber notificações se alguém mais comentar a noticia.