Notícias

Light Design: Saiba como criar uma iluminação de efeito

Por mais que a iluminação geral ilumine toda a sala de forma eficaz, nos dando conta das dimensões do ambiente, ela não destaca a decoração. Não adianta ter uma sala bem iluminada se os objetos permanecem apagados. Flora Barros diz que é necessário destacar pontos importantes da sala para dar vida ao ambiente e que a própria iluminação de efeito pode virar um objeto de destaque.

 

O mágico usa os efeitos da luz para distrair e desenvolver a beleza do seu mais novo truque. O mesmo acontece no cinema, no teatro ou no show do seu músico favorito. Mas a iluminação de efeito não é uma exclusividade dos espetáculos. Podemos encontrar efeitos criados pela luz nos bares, nos hospitais, nas casas de recepções e até mesmo nas ruas. Neste texto você encontrará dicas e sugestões da arquiteta Flora Barros para criar uma iluminação de efeito na sua casa – do lado interno e do lado externo.

 

Pode-se criar uma iluminação de efeito a partir de luminárias. Uma das mais usadas é a arandela, que é colocada na parede. Mas o que vai determinar é o facho de luz. Por exemplo: Algumas arandelas (ou luminárias em geral) você pode controlar a abertura, podendo desenhar uma linha bem fina na parede ou fazer um “V”. Isso você sincroniza, explica Flora Barros.

 

É importante lembrar também que os lúmens das lâmpadas das luminárias devem ser maiores que os lúmens das lâmpadas que dão vida à iluminação geral. Se você usa 300 lúmens no geral, pode-se usar nas luminárias algo em torno de 500 lúmens. Ao contrário disto, a iluminação de efeito não vai funcionar.

 

Mas a iluminação de efeito não pode ser criada apenas a partir da parede, mas também no teto e no piso. Para isso existem os spots embutidos e os holofotes assimétricos. “Com o uso do holofote assimétrico, apesar de não ser tão uniforme, eu consigo iluminar a parede assimetricamente onde o ângulo da saída de luz embaixo é menor que o da saída de luz em cima. Então se eu quero um desenho mais definido, o ângulo é menor, e se eu quero um desenho mais aberto, o ângulo é maior”.

 

Já na parte de fora da casa, Flora Barros diz que é interessante criar um efeito numa fachada, no muro ou em um jardim, onde a luz destaca a vegetação. “Basta ter uma parede e você consegue criar efeitos no jardim e até na piscina. Pode-se embutir um soquete no piso e jogar uns feixes de luz, mesmo que seja perpendicular. Fica um efeito bonito”, diz a arquiteta.

 

E assim como qualquer outra coisa no mundo, a iluminação de efeito também tem o seu limite. Flora Barros atenta para os erros e exageros mais comuns e sugestões sobre os cuidados a ser tomados para não deixar a sua casa com uma iluminação de efeito totalmente “quite” – ou cafona, como preferir.

 

Há um limite. A luz de efeito serve para fazer um efeito. Se você põe demais, não chama a atenção. Algo que se repete deixa de ser único, então não é interessante. Não faz sentido criar luz de efeito em todos os cômodos da sala ou em todo lugar que você vai. Isso torna o efeito em algo monótono, explica Flora.

 

Têm luminárias que fazem desenhos de borboleta, de xadrez. Essa não é a intenção da luz de efeito. Temos que brincar com a luz direcionando o foco da lâmpada, da luminária, pra fazer o desenho. Um facho de luz. E não um desenho caricato. Isso fica feio, não combina, finaliza Flora Barros.

 

Gostou dessas dicas e quer implementar no seu ambiente? Então entre já em contato com Flora Barros Arquitetura…

 

Flora Barros Arquitetura está localizada em Recife e possui especializada em Projetos de Iluminação (Light Design) e também: Projetos de Arquitetura e Urbanismo, Projetos de Construção, Processos de Regularização Fundiária e Lei do Puxadinho. Para entrar em contato com o escritório, ligue para o Fone: (81) 99268.7639, e-mail: contato@florabarros.arq.br – Website: www.florabarros.arq.br

 

Página Relacionada: www.florabarros.arq.br

Matéria no NoticiadorWeb: Light Design: Saiba como criar uma iluminação de efeito

Autor: Newsletter do Locador

Data de Publicação: 18/02/2019

Esta notícia já foi visualizada 218 vezes.

Esta notícia ainda não tem comentários.

Deixe um comentário

Nome  
E-mail  
Telefone  

Desejo receber notificações se alguém mais comentar a noticia.