Notícias

M&T Expo 2018: Arena de Demonstração tem equipamentos em ação e atrai visitantes

Nesta quinta (29), último dia da feira, Arena de Conteúdo programou o debate de diversos temas relacionado a tecnologia e inovação do segmento de construção

Uma das atrações da M&T Expo 2018 – 10ª Feira Internacional de Equipamentos para Construção e Mineração, que está chamando bastante atenção dos visitantes é a Arena de Demonstração. Situada na parte externa do evento e com 1.200 m² de área, os profissionais assistem de perto apresentações ao vivo de equipamentos, implementos e acessórios, que estão sendo lançados pelos expositores. “Visitar a Área de Demonstração é muito bom para poder observar o equipamento em plena atividade e ver o quão preciso ele é na execução das tarefas”, opinou o engenheiro civil Humberto Aparecido de Paula Jr., que passou a tarde desta quarta-feira (28) percorrendo o espaço.

A programação conta com caçambas, carregadeiras, compactadores de percussão, compressores portáteis, elevadores, escavadeiras, geradores, motoniveladoras, placas vibratórias, plataformas aéreas, retroescavadeiras, rolos compactadores e rompedores, das seguintes marcas: BMC Hyundai, John Deere, Kaeser, Link-belt, Manitou, Paladin, Pramac, Rud, Rossetti, SEM, Socage, Weber MT e XCMG.

“É interessante ver eles trazerem a céu aberto seus principais produtos. A diversidade é grande e demonstra que elas conseguem atender a todas as necessidades, independente do segmento. É muito atrativo ver que os próprios fabricantes estão demonstrando os produtos”, comentou o corretor de seguros de obra, Alberto Garufi, cuja atividade profissional requer o conhecimento que uma demonstração desse tipo pode proporcionar.

Amanhã, dia 29, a Arena de Demonstração funciona a partir das 10h00 até às 16h00. Cada companhia tem quinze minutos para realizar a apresentação de seu produto.

M&T Expo: Realidade virtual tende a racionalizar acompanhar de obras

Com tecnologias como, por exemplo, a realidade virtual, um engenheiro pode, sem sair de seu escritório, em São Paulo, acompanhar o andamento de uma obra em Minas Gerais.

“A realidade virtual permite, por meio de fotos 360 graus, checar o dia a dia do canteiro sem a presença física do engenheiro na obra”, comentou Hélcio Bueno, sócio da EY (Ernest Young) em palestra proferida na Arena de Conteúdo, na M&T Expo 2018 – 10ª Feira Internacional de Equipamentos para Construção e Mineração, que prossegue até quinta (29), no São Paulo Expo, em São Paulo.

De acordo com o palestrante, o setor da construção precisa correr para se adaptar às novas tecnologias. Ele questionou a real capacidade das empresas em acompanhar as tendências tecnológicas. O questionamento do especialista surge em um momento que vários setores já utilizam as novas ferramentas em diversas etapas de seus negócios. “Além da realidade virtual, as indústrias estão recorrendo à inteligência artificial, robotização, RFID, entre outros recursos”, comenta.

Por fim, o consultor da EY disse que a crise que se abateu sobre o setor nos últimos anos resultou em custos crescentes e em grande impacto na rentabilidade das empresas de construção civil. “As companhias do setor estão passando por um quadro de descontrole de custos, já que a inflação na construção é mais alta que o IGPM e o IPCA. E elas ainda precisam focar na produtividade. E as novas tecnologias estão aí para auxiliar nesse processo”, conclui Bueno.

Palestrante da M&T Expo estima ganhos de até 60% com uso de softwares inteligentes em terraplenagem

O uso de softwares avançados para medição e controle em obras de terraplenagem podem representar de 30% a 60% de ganhos resultante de menos retrabalho ou cálculos corretos. A conclusão é de Franco Brasílio Ramos, gerente regional de contas da Trimble, e foi feita em palestra na Arena de Conteúdo, durante a M&T Expo 2018 – 10ª Feira Internacional de Equipamentos para Construção e Mineração, que está sendo promovida em São Paulo e será encerrada nesta quinta (29).

De acordo com o palestrante, os principais problemas decorrem de: erros de projeto, de levantamento topográfico, de cálculo de volume e atrasos em terraplenagem. “No caso de projeto, normalmente, falta uma conexão entre quem está elaborando o projeto e a execução da obra. Com isso, o projeto é feito sob uma premissa errada e necessita ser revisado. Nossas ferramentas dão velocidade à revisão de projeto e também evita os erros”, observa Ramos.

Outro erro comum apontado pelo palestrante é quanto a fragilidade na colocação de marcações topográficas. Com as soluções da Trimble, é possível corrigir essa fragilidade. “Chegamos ao ponto de que as máquinas e as pessoas estão tão automatizadas que as marcas físicas não sejam necessárias”, afirma. Falta de referências topográficas ou equívoco no volume de material para terraplenagem são problemas contornados com softwares. “Com as nossas ferramentas, as máquinas carregam essas informações dentro dos softwares e não precisa mais de referência física. Máquina chegou no campo e já começa a trabalhar, pois dispõe de todas as informações necessárias”, conclui o palestrante.

Norma de Desempenho exige maior conhecimento dos projetistas, analisa palestrante da M&T Expo

"A Norma de Desempenho [ABNT NBR 15.575] está sendo muito boa porque tem exigido mais conhecimento dos profissionais de construção, sobretudo o que envolve um projeto”. A opinião é de Carlos Alberto Tauil, consultor da BlocoBrasil (Associação Brasileira de Blocos de Concreto), que palestrou no Summit durante a M&T Expo 2018 – 10ª Feira Internacional de Equipamentos para Construção e Mineração, que está sendo promovida em São Paulo e será encerrada nesta quinta (29).

Segundo o palestrante, a entidade se prepara para a realização em 2019 de ensaios técnicos adicionais do sistema de paredes de bloco de concreto. Esses testes poderão corroborar as chamadas FADs (Fichas de Avaliação de Desempenho), que o Ministério das Cidades promete adotar para facilitar a aprovação de projetos do Minha Casa, Minha Vida. “Estamos na frente desse processo. E deveremos aprovar antes dos demais sistemas”, revelou Tauil. Entre os novos ensaios que deverão ser realizados estão os de choque térmico, de desempenho acústico gesso-gesso e de corpo mole com paredes de 10 cm.

A 10ª M&T Expo é o principal ponto de encontro do setor na América Latina. Promovida, pela primeira vez, em 1995, pela Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema), a edição de 2018 marca o início do acordo de cooperação de longo prazo firmado entre a entidade e a Messe München, promotora da bauma, maior feira mundial da área de equipamentos para construção. Para visitar a M&T Expo 2018, basta realizar o credenciamento online no site oficial.

Serviço:

M&T Expo 2018 – 10ª Feira Internacional de Equipamentos para Construção e Mineração

Data: 26 a 29 de novembro de 2018

Horários: 26 a 28 – 13h às 20h

                   29 – 9h às 16h

Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – Água Funda – São Paulo/SP

Informações e credenciamento: http://www.mtexpo.com.br

 

Sobre a Messe München

A Messe München é uma das empresas líderes mundiais de feiras de negócios. Organiza cerca de 50 feiras de bens de capital e de consumo e as mais importantes feiras de alta tecnologia em Munique e em outros países. A cada ano, mais de 30.000 expositores e cerca de dois milhões de visitantes participam em eventos realizados no centro de feiras e exposições da Messe München, no ICM – Internationales Congress Center München e no MOC Veranstaltungscenter München (Centro de Congressos de Munique). Além disso, a Messe München organiza feiras em países como China, Índia, Turquia e Rússia. A Messe München tem uma presença empresarial global com afiliadas na Europa, Ásia e África e mais de 60 representantes estrangeiros trabalhando em mais 100 países.

Sobre a Sobratema

A Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração se dedica a propor soluções para o desenvolvimento tecnológico do setor, difundir conhecimentos e informações e participar da formação, especialização e atualização de profissionais que atuam no mercado brasileiro da construção e mineração. Com 30 anos de atividade, conta com o apoio de mais de 650 associados (profissionais e empresas de construção, de locação, fabricantes e prestadores de serviços) e de parcerias estratégicas, com as principais entidades e empresas do setor da construção e da mineração no Brasil e Exterior. A entidade possui a Inteligência de Mercado, dedicada a estudos e pesquisas para subsidiar a tomada de decisões estratégicas das empresas, o Instituto Opus para capacitação profissional, a Sobratema Publicações para edição de livros e revistas técnicas. Além disso, organiza eventos especializados: a BW Expo – Feira de Serviços e Tecnologias para Gestão Sustentável de Água, Resíduos, Ar e Energia, Workshop, Fórum Infraestrutura, Tendências no Mercado da Construção e as Missões Empresariais, que levam profissionais para as mais importantes feiras internacionais dos setores da construção e da mineração.

Página Relacionada: noticiadorweb.com.br/index.php?action=show&secao=exibir_noticia&noticia_id=17001

Matéria no NoticiadorWeb: M&T Expo 2018: Arena de Demonstração tem equipamentos em ação e atrai visitantes

Autor: Newsletter do Locador

Data de Publicação: 30/11/2018

Esta notícia já foi visualizada 96 vezes.

Esta notícia ainda não tem comentários.

Deixe um comentário

Nome  
E-mail  
Telefone  

Desejo receber notificações se alguém mais comentar a noticia.