Notícias

Projeto de arquiteta moderniza espaços e acaba com velhos problemas em empresa do Recife

BisaWeb Tecnologia resolve problemas com infiltrações e falta de espaço por meio de projeto da arquiteta Flora Barros – Iriamos chamar uma pessoa para fazer a obra sem um projeto. Quando contratamos Flora Barros, vimos uma outra dimensão. Foi feito um projeto e nos foi mostrado uma visão 3D de como ficaria o resultado final antes de ser colocado em pratica.

 

Existe um abismo muito grande entre obras sem projeto e obras planejadas com cuidado antes de sua execução. O trabalho do Arquiteto vai garantir que surpresas indesejadas não surjam durante a construção ou reforma, evitando dor de cabeça, desperdício de materiais e o aumento dos gastos. Além disso tudo, o resultado final será muito mais agradável e contará com soluções que não eram pensadas antes.

 

Recentemente, a BisaWeb, empresa localizada na região central do Recife, precisou passar por algumas reformas, que envolviam um teto problemático com goteiras recorrentes, dois banheiros com pouquíssima área total e uma área externa. A intenção inicial da empresa era contratar um profissional que realizasse as intervenções sem um planejamento prévio. A opção por contratar a arquiteta Flora Barros para realizar um projeto, acabou surpreendendo positivamente os donos e os colaboradores.

 

 

A obra começou pelo banheiro masculino. O WC continha pia, vaso sanitário e chuveiro, tudo num só cômodo com menos de 6 m², o que dificultava a usabilidade por parte dos colaboradores da empresa, que em sua maioria são homens. A solução criada pela arquiteta foi voltada para possibilitar a utilização do espaço por mais de uma pessoa ao mesmo tempo.  A inspiração arquitetônica foi a minimalista, onde predomina a cor branca, deixando o espaço quase que monocromático. No chão, foi utilizado um porcelanato esmaltado branco que lembra muito um mármore rajado, e nas paredes, pedras todas brancas e pedras brancas com desenhos em 3D que lembram vegetação. Na bancada, a preferência foi por uma cuba de semiencaixe e o mármore pinta verde para a pia. O local recebeu ainda um espelho ônix que, por ser mais escuro, deu mais sobriedade ao espaço. E abaixo dessa bancada foi projetado um armário deixando toda a composição do espaço bem clean. Para separar os ambientes do banheiro e resolver o grande problema do espaço, foram colocadas portas entre o espaço da pia, o espaço onde fica o mictório e o chuveiro e o espaço do vaso sanitário, possibilitando que as três áreas sejam utilizadas ao mesmo tempo. Para a iluminação foram instalados spots de luz, sendo: dois no corredor, um acima da pia, um na área de chuveiro e mictório e um na área da privada. No final, coube tudo de forma agradável e sem aperto.

 

Talvez, o maior problema que existia nas dependências da BisaWeb era a infiltração. Sempre que chovia pingava em algum ponto da laje e a água descia até por lâmpadas, gerando perdas de documentos e equipamentos elétricos por conta disso. E isso era problema recorrente sempre que se fazia uma reforma. Após a análise dos 170m² de telhado, ficou constatado que as linhas de inclinação das telhas não estavam corretas. Após pesquisas para solucionar o problema, Flora Barros optou por utilizar uma manta asfáltica. Para usar esse tipo de material, é necessário que a laje esteja limpa, inclusive sem as telhas. Após a limpeza, foi contratada uma pessoa especializada em impermeabilização de telhados e caixas-d’água. Em seguida, foram retiradas as paredes de apoio do telhado antigo já que as mesmas não teriam mais serventia. Apenas depois de todo este trabalho, foi possível aplicar a manta asfáltica. A opção da arquiteta foi de utilizar a manta de alumínio com espessura de 4mm, que é totalmente impermeável e repele a luz, deixando o ambiente interno da empresa com maior conforto térmico. Desta forma, além de resolver o problema das infiltrações, a solução gerou ainda economia de energia pela diminuição do uso do ar-condicionado.

 

O próximo passo foi o banheiro feminino, bem menor que o WC dos homens – a empresa tem menos mulheres no quadro de funcionários -, que foi totalmente reformulado.  O espaço não tinha um bom acabamento e continha uma grande caixa de eletricidade junto com o contador de energia, o que não combina nada com um banheiro. A primeira intervenção realizada, até por questões de segurança, foi isolar essa caixa e transferir o contador para o lado de fora do prédio, fazendo uma grande transferência de estrutura elétrica e de fios que não tinham serventia. Em seguida, foi feito o revestimento do espaço que estava fofo e cheio de infiltrações. Após descascar tudo, foi utilizado porcelanato com a mesma inspiração usada no banheiro masculino. Com o planejamento também foi possível atender a um pedido das colaboradoras que desejavam um espelho de corpo todo e isso deu profundidade ao local que agora aparenta ser maior do que realmente é.

 

 

Para a área externa, ficou decidido que seria criado um espaço mais leve, onde as pessoas pudessem se reunir em um momento de descontração e que haveria uma área para fumantes. No local já existia uma pérgola, tipo um jardim de inverno, com barras de concreto. Foi dado então um acabamento na parede com textura rústica na cor palha, que dá uma sofisticação ao espaço e, ao mesmo tempo, um ar de acolhimento. O piso, antes de cimento queimado e pintado em verde, foi raspado e aplicado um porcelanato antiderrapante, também na cor palha. A logomarca da empresa foi posta na parede dessa nova área de convivência e não do lado de fora, por uma opção dos donos da empresa. Dois bancos de troncos de árvore e um banco maior de jaqueira foram instalados no espaço, onde as pessoas podem sentar na sombra (o local praticamente só pega sol ao meio-dia). Para finalizar, algumas plantas foram colocadas na parede para dar mais leveza ao local, tornando-o ainda mais convidativo.

 

 

Havia também mais duas necessidades: organizar um espaço para guardar o material de limpeza e os arquivos mortos da empresa e ainda disponibilizar para as mulheres um espaço com pia e espelho que servisse como um pequeno vestiário. Tudo isso foi resolvido em um espaço único próximo à entrada, onde só se vê uma porta de alumínio e um basculante. Optou-se por utilizar neste espaço um mármore travertino com a cuba de apoio e arandelas para iluminação (inclusive uma focal para que as meninas possam se maquiar). Também neste espaço foi disponibilizada uma torneira com mangueira para aguar as plantas que não existiam antes.

 

Ao final dos trabalhos, o diretor da BisaWeb, Ronaldo Barros, mostrou-se muito satisfeito com o resultado final. “Iriamos chamar uma pessoa para fazer a obra sem um projeto. Quando contratamos Flora Barros, vimos uma outra dimensão. Foi feito um projeto e nos foi mostrado uma visão 3D de como ficaria o resultado final antes de ser colocado em pratica. Foi um grande diferencial, pois pudemos avaliar tudo antes de ficar pronto. Inclusive, uma das coisas que tínhamos dúvida, especificamente sobre o que se faria no banheiro masculino, foi nos apresentado duas opções e nós pudemos colocar em votação para que os funcionários decidissem o que eles achavam mais indicado. Foi realmente um grande diferencial. Flora Barros atendeu e superou as nossas expectativas”, disse.

 

Se você está pensando em construir ou reformar, experimente contratar um arquiteto para criar um projeto prévio. Você vai se surpreender com o resultado final.

 

Sobre Flora Barros Arquitetura

Atuação: Projetos de Reforma, Projetos de Construção, Processos de Regularização Fundiária, Processos de Usucapião, Processos de Direito Real de Laje (lei do puxadinho)

Fone: (81) 99268.7639

e-Mail: contato@florabarros.arq.br

Website: www.florabarros.arq.br

 

Página Relacionada: Nenhuma Página Informada

Matéria no NoticiadorWeb: Projeto de arquiteta moderniza espaços e acaba com velhos problemas em empresa do Recife

Autor: Newsletter do Locador

Data de Publicação: 17/10/2018

Esta notícia já foi visualizada 191 vezes.

Esta notícia ainda não tem comentários.

Deixe um comentário

Nome  
E-mail  
Telefone  

Desejo receber notificações se alguém mais comentar a noticia.