Notícias

Dono de Locadora no MS mata esposa e depois se suicida

Crime aconteceu em uma fazenda de Três Lagoas. Autor do crime teria enviado uma mensagem avisando do crime para a família

Casal foi encontrado morto nesta manhã (Foto: Reprodução Facebook)

Uma mulher de 27 anos foi assassinada pelo marido na noite desta terça-feira (24) em Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande. Segundo a polícia, após matar Francielli Castilho a tiros, o empresário Marcos Gonçalves de Oliveira cometeu suicídio. Os corpos foram encontrados na manhã de hoje.

De acordo com o site JPNews, o crime aconteceu na propriedade rural do casal, localizada na BR-158 – saída de Três Lagoas para Brasilândia. Segundo informações preliminares, na noite de ontem o empresário teria enviado um áudio por aplicativo de mensagem avisando a família que cometeria o crime.

Nesta manhã, um das filhas de Marcos avisou funcionários da fazenda sobre a mensagem. Eles foram a residência do casal e encontraram os corpos. Equipes da Polícia Militar, Civil e perícia foram acionados.

Ainda conforme o site local, a polícia procura pela mensagem supostamente enviada a família e tenta descobrir a motivação do crime. Marcos era proprietário de uma empresa de locação de máquinas e equipamentos para serviços de terraplanagem em Três Lagoas.

Com a morte de Francielle, 21 mulheres foram assassinadas pelos parceiros do dia 1º de janeiro até está quarta-feira (25), em Mato Grosso do Sul. Três dos casos foram registrados em Campo Grande. No ano passado, nos 12 meses do ano, a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) registrou 27 casos.

Uma mulher de 27 anos foi assassinada pelo marido na noite desta terça-feira (24) em Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande. Segundo a polícia, após matar Francielli Castilho a tiros, o empresário Marcos Gonçalves de Oliveira cometeu suicídio. Os corpos foram encontrados na manhã de hoje.

De acordo com o site JPNews, o crime aconteceu na propriedade rural do casal, localizada na BR-158 – saída de Três Lagoas para Brasilândia. Segundo informações preliminares, na noite de ontem o empresário teria enviado um áudio por aplicativo de mensagem avisando a família que cometeria o crime.

Nesta manhã, um das filhas de Marcos avisou funcionários da fazenda sobre a mensagem. Eles foram a residência do casal e encontraram os corpos. Equipes da Polícia Militar, Civil e perícia foram acionados.

Ainda conforme o site local, a polícia procura pela mensagem supostamente enviada a família e tenta descobrir a motivação do crime. Marcos era proprietário de uma empresa de locação de máquinas e equipamentos para serviços de terraplanagem em Três Lagoas.

Com a morte de Francielle, 21 mulheres foram assassinadas pelos parceiros do dia 1º de janeiro até está quarta-feira (25), em Mato Grosso do Sul. Três dos casos foram registrados em Campo Grande. No ano passado, nos 12 meses do ano, a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) registrou 27 casos.

Fonte: Campo Grande News

Uma mulher de 27 anos foi assassinada pelo marido na noite desta terça-feira (24) em Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande. Segundo a polícia, após matar Francielli Castilho a tiros, o empresário Marcos Gonçalves de Oliveira cometeu suicídio. Os corpos foram encontrados na manhã de hoje.

De acordo com o site JPNews, o crime aconteceu na propriedade rural do casal, localizada na BR-158 – saída de Três Lagoas para Brasilândia. Segundo informações preliminares, na noite de ontem o empresário teria enviado um áudio por aplicativo de mensagem avisando a família que cometeria o crime.

Nesta manhã, um das filhas de Marcos avisou funcionários da fazenda sobre a mensagem. Eles foram a residência do casal e encontraram os corpos. Equipes da Polícia Militar, Civil e perícia foram acionados.

Ainda conforme o site local, a polícia procura pela mensagem supostamente enviada a família e tenta descobrir a motivação do crime. Marcos era proprietário de uma empresa de locação de máquinas e equipamentos para serviços de terraplanagem em Três Lagoas.

Com a morte de Francielle, 21 mulheres foram assassinadas pelos parceiros do dia 1º de janeiro até está quarta-feira (25), em Mato Grosso do Sul. Três dos casos foram registrados em Campo Grande. No ano passado, nos 12 meses do ano, a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) registrou 27 casos.

Este texto pertence ao Portal EM TEMPO, integrante do Grupo Raman Neves (GRN) de Comunicação. Para compartilhar essa notícia, por favor, use o link a seguir: http://d.emtempo.com.br/politica/114292/amazonino-responde-a-14-processos-na-justica-do-am Caso deseje copiar ou imprimir qualquer um de nossos conteúdos, entre em contato no faleconosco@emtempo.com.br ou logue-se como assinante ou cadastrado. Copyright © EM TEMPO Online

Este texto pertence ao Portal EM TEMPO, integrante do Grupo Raman Neves (GRN) de Comunicação. Para compartilhar essa notícia, por favor, use o link a seguir: http://d.emtempo.com.br/politica/114292/amazonino-responde-a-14-processos-na-justica-do-am Caso deseje copiar ou imprimir qualquer um de nossos conteúdos, entre em contato no faleconosco@emtempo.com.br ou logue-se como assinante ou cadastrado. Copyright © EM TEMPO Online

Página Relacionada: http:// https://www.campograndenews.com.br/cidades/interior/empresario-mata-mulher-a-tiros-e-comete-suicidio-em-ms

Matéria no NoticiadorWeb: Dono de Locadora no MS mata esposa e depois se suicida

Autor: MKT PortaldoLocador.com

Data de Publicação: 30/07/2018

Esta notícia já foi visualizada 191 vezes.

Esta notícia ainda não tem comentários.

Deixe um comentário

Nome  
E-mail  
Telefone  

Desejo receber notificações se alguém mais comentar a noticia.