Notícias

Caminhão locado por prefeitura de Quixaba é usado para uso pessoal de ex-prefeito e filhos

Em 2016, caminhão da Prefeitura foi usado pela empresa do filho do então prefeito, diz MPPB.

Ministério Público da Paraíba ingressou com ação civil pública por improbidade administrativa por uso de bem público (Foto: Krystine Carneiro/G1)

O ex-prefeito do município de Quixabá, no Sertão da Paraíba, Júlio César de Medeiros Batista, e seu filho Júlio César de Medeiros Batista Filho são alvos de uma ação civil pública por improbidade administrativa por uso do bem público, ajuizada pelo Ministério Público da Paraíba, por meio da Promotoria do Patrimônio Público de Patos.

De acordo com o MPPB, em 2016 o então prefeito permitiu que seu filho utilizasse um caminhão pertencente à Prefeitura para realizar atividades da empresa Dínamo Geradores, por conta do São João de Patos.

Segundo o promotor Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha, durante a investigação feita pelo Ministério Público foi comprovado que a empresa Dínamo Geradores tem como único proprietário o filho do ex-prefeito de Quixabá.

A empresa é voltada para a locação de geradores para eventos. Conforme informou o promotor na ação, foi constatado não apenas que o veículo público foi utilizado para o transporte do gerador durante o São João de Patos, mas que o caminhão serviu de apoio para o aparelho ao longo de toda a festa, “ou seja, o bem público esteve destinado integralmente ao serviço particular durante cinco dias”.

Além disso, como afirmou Albero Vinícius Cartaxo da Cunha, ficou caracterizado que essa não foi uma situação isolada, mas que o caminhão era rotineiramente utilizado para realização das atividades da Dínamo, uma vez que a empresa não tinha veículo próprio para transporte e suporte do gerador.

“O gestor de Quixabá voluntariamente cedia o veículo do Município ao seu filho para o bom desempenho do negócio particular desse último”, disse.

Para o promotor, Júlio César de Medeiros Batista Júlio César de Medeiros Batista Filho infringiram importantes princípios que regem a Administração Pública, com destaque especial para a violação aos princípios da legalidade, impessoalidade e moralidade.

Em setembro de 2016, o MPPB ajuizou outra ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra Júlio César de Medeiros Batista, quando ele ainda era prefeito de Quixabá, contra a então empresa prestadora de serviços de limpeza urbana do município e dois sócios. Eles foram acusados de terem gerado um prejuízo aos cofres públicos estimado em R$ 123 mil, envolvendo a coleta de lixo no município.

 

Fonte:G1

Página Relacionada: http:// https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/ex-prefeito-de-quixaba-e-filho-sao-alvos-de-acao-civil-publica-ajuizada-pelo-mppb.ghtml

Matéria no NoticiadorWeb: Caminhão locado por prefeitura de Quixaba é usado para uso pessoal de ex-prefeito e filhos

Autor: MKT PortaldoLocador.com

Data de Publicação: 19/07/2018

Esta notícia já foi visualizada 135 vezes.

Esta notícia ainda não tem comentários.

Deixe um comentário

Nome  
E-mail  
Telefone  

Desejo receber notificações se alguém mais comentar a noticia.