Notícias

Oficina, escritório e living em casa de dimensões reduzidas

Projeto da arquiteta Flora Barros reproduz desejos do cliente para imóvel de metragem pequena

 

Os desafios de um projeto arquitetônico são muito variados. A missão do arquiteto torna-se mais fácil ou mais complexo de acordo com o desejo do contratante. Traduzir esses desejos dos clientes em um projeto é como materializar o sonho em realidade e essa vem sendo a rotina de trabalho da arquiteta pernambucana Flora Barros.

Recentemente, Flora foi contratada para elaborar o projeto do estudante VictorColleto, que tinha a intenção de reformar um pequeno imóvel no bairro da Tamarineira, no Recife, criando espaços para uma oficina de materiais eletrônicos e uma área de living no térreo, além de um apartamento no 1º pavimento. “Este projeto foi diferente dos outros, pois foi uma reforma de uma casa nos fundos de outra (como uma casa de apoio para os funcionários). Esta casa, por ser de apoio, tem uma metragem bem pequena, mas possui uma área externa razoável”, revela Flora Barros.
 


Para chegar até o projeto final, a arquiteta passa por algumas etapas para coletar informações e dados importantes. “O projeto começa com uma conversa com o cliente, ouvindo o que ele pensou em modificar/fazer na casa e perguntando quais as preferências dele, como cores, tendências… Geralmente já marco esta conversa na casa do projeto, que aí já faço o levantamento. O levantamento é feito de tudo, desde dimensão dos ambientes até altura de tomadas. A partir daí começo a criar. Junto as preferências do cliente com as referências que eu tenho, tanto de construção quanto dos designs que estão em alta, revestimentos, tudo”, explica.

Para a oficina, o projeto trouxe duas áreas, sendo uma interna e outra externa. Pensando no perfil do cliente, que é jovem e gosta de receber visitas dos amigos, o projeto também apresentou a área de living no térreo da edificação em um espaço onde antes era a área de serviço da casa localizada à frente. Este living acabou ficando muito amplo, pois foi complementado com uma área externa com bancos e tambores de óleo que servem como mesas. Também no térreo está localizada a lavanderia da casa e um banheiro de apoio para os convidados.
 


Uma das peculiaridades do projeto é que o próprio cliente vai executar parte dos móveis do local. Pensando nisso, Flora Barros optou por criar móveis simples, de madeira e ferro, que são basicamente, prateleiras apoiadas em vergalhões. Isso gerou uma economia ao contratante, pois estes móveis sairão a custo muito baixo por utilizar praticamente apenas madeira de demolição e vergalhões, além do custo zero da mão de obra. “Pesquisei sobre estilo industrial, que usa muito ferro, madeira e tons sóbrios, além do cimento queimado. E o mais interessante é que você pode interagir com o móvel, como o da sala de estar, que pode ser prateleira ou caixinhas para guardas coisas e pode ir mudando de lugar dependendo da necessidade”.

Ao final, o projeto de Victor Colleto foi concluído com as áreas dos pavimentos térreo e superior de 88,41m² e 72,68m² respectivamente, construção total de 161,09m². As soluções apresentadas agradaram ao cliente que agora tem o “mapa” necessário para a parte final da realização de seu sonho que é a execução do projeto.

Complexos ou simples, somente um profissional qualificado pode dar segurança, sofisticação e economia a projetos arquitetônicos, reproduzindo de forma técnica os desejos que nascem na mente do cliente.

 

Se você está pensando em construir ou reformar, entre já em contato com a arquiteta Flora Barros para criar seu projeto com qualidade e profissionalismo.

 

Sobre Flora Barros Arquitetura

Atuação: Projetos de Reforma, Projetos de Construção, Processos de Regularização Fundiária, Processos de Usucapião

Website: www.florabarros.arq.br

Fone: (81) 99268.7639

 

Página Relacionada: www.florabarros.arq.br/projetos/portfolio_fb_005.pdf

Matéria no NoticiadorWeb: Oficina, escritório e living em casa de dimensões reduzidas

Autor: Newsletter do Locador

Data de Publicação: 12/07/2018

Esta notícia já foi visualizada 195 vezes.

Esta notícia ainda não tem comentários.

Deixe um comentário

Nome  
E-mail  
Telefone  

Desejo receber notificações se alguém mais comentar a noticia.