Notícias

Loja de roupas: A iluminação perfeita para a sua loja

Neste texto, a arquiteta Flora Barros dá dicas de Light Design para a sua loja de roupas ficar mais atraente aos seus clientes. Boa leitura!

 

Comprar roupas não é uma tarefa fácil. Boa parte das pessoas têm dificuldades na hora que escolher aquela blusa florida, aquele vestido de bolinhas ou até mesmo a boa e velha calça jeans. Mas antes de provar, primeiro a pessoa terá que se agradar. Tem que ser como nos filmes de Hollywood: amor à primeira vista. E para que a pessoa se apaixone é de suma importância que a roupa esteja bem iluminada. Não dá pra ser às cegas.

A parte mais importante da loja é aquela que vai fazer com que as pessoas tenham interesse em entrar nela: a vitrine. É a partir da vitrine que as pessoas dão o primeiro passo para se tornarem possíveis clientes. "A iluminação de uma vitrine vai depender do conceito da loja: se é mais chique, mais descolada, se é de criança. Mas, por exemplo, os manequins devem ser iluminados de frente – nunca de baixo ou de cima, pois geram sombras que não os favorecem. Nesse caso podemos usar lâmpadas PAR 111 ou PAR 20, as quais conseguimos, através da inclinação da luminária, iluminar o manequim por completo. A luminária ficará no teto ou em uma posição em que a deixe de frente para o manequim", diz Flora.

"Eu não indico iluminações coloridas, pois se colocarmos um roxo, por exemplo, a cor vai influenciar a cor real das roupas ou das bolsas. É de extrema importância mostrar a verdadeira cor do produto. Além disso, as lâmpadas devem ter um altíssimo índice de reprodução de cor: de 90 a 95", completa.

Já na parte interior da loja, no salão em que são distribuídas as roupas, a iluminação deve ser feita de forma uniforme. "300 lux é o ideal para a iluminação geral. Mas os cabides precisam de uma iluminação direcionada, através de spots ou paflons. No caso das araras em que estarão as roupas, podemos usar os spots ou até mesmo perfilados de LED próximos. Sempre iluminando uniformemente", explica a arquiteta.
Após escolher as roupas que acharam agradáveis, o próximo destino dos clientes é provar essas roupas. Esse é o ponto final para o cliente decidir se vai ou não querer a roupa. Portanto é necessário que o provador esteja com uma iluminação adequada.

"Nos provadores é ideal que a iluminação seja neutra. Uma luz branca de 5.000 kelvins, mais ou menos. E de frente. Isso pode ser feito por um perfil de LED ou um spot direcionado, e até um refletor assimétrico, o qual podemos iluminar a pessoa de frente mesmo o refletor estando lá em cima. É importante que a luz seja forte, para, além da pessoa enxergar bem, evitar sombras", diz Flora Barros.

Gostou dessas dicas e quer implementar no ambiente? Para conferir os serviços oferecidos pelo escritório Flora Barros Arquitetura, realizar orçamentos ou tirar dúvidas sobre projetos de arquitetura e iluminação, acesse o site www.florabarros.arq.br ou ligue para (81) 99268.7639.

 

Serviço:

Arquiteto em Recife, Flora Barros Arquitetura é especialista em Projetos de Light Design (Iluminação) e também: Projetos de Arquitetura e Urbanismo, Projetos de Construção, Processos de Regularização Fundiária e Lei do Puxadinho.

Fone: (81) 99268.7639

e-Mail: contato@florabarros.arq.br

Website: www.florabarros.arq.br

Instagram: @florabarros.arq

Facebook: Facebook.com/florabarrosarq

Página Relacionada: www.florabarros.arq.br/light-design.html

Matéria no NoticiadorWeb: Loja de roupas: A iluminação perfeita para a sua loja

Autor: Blog da Usinagem

Data de Publicação: 26/08/2019

Esta notícia já foi visualizada 624 vezes.

Esta notícia ainda não tem comentários.

Deixe um comentário

Nome  
E-mail  
Telefone  

Desejo receber notificações se alguém mais comentar a noticia.