Notícias

IPVA 2018: entenda como é calculado o tributo e com base em que valores

Se você comprou seu carro há pouco tempo e está interessado nos cálculos feitos em relação ao tributo, então esse é o momento. Nós do portal MeuSeguroAuto.org vamos te ajudar a entender como calcular o IPVA.

Se você comprou seu carro há pouco tempo e está interessado nos cálculos feitos em relação ao tributo, então esse é o momento. Nós do portal MeuSeguroAuto.org vamos te ajudar a entender como calcular o IPVA.

Além disso, vamos te informar também sobre o que ele é, para quem ainda tem dúvidas sobre o porquê precisa pagar por esse imposto e tudo mais. Portanto, se você quer ficar por dentro desse assunto de uma vez, confira a leitura de hoje.

Meu Seguro Auto: IPVA 2018

Todo e qualquer brasileiro que possui um veículo precisa pagar o IPVA. A sigla se refere ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores e sempre chega no início do ano, ou seja, você receberá seu IPVA nos primeiros dias de 2018.

Muita gente paga o IPVA parcelado em até cinco vezes, porque não consegue dar conta da parcela única, e essa é uma opção. Mas, a verdade é que se você tem condições, o melhor que pode fazer é pagar o valor todo de uma só vez, porque você faz uma economia considerável com os juros.

Como é calculado o IPVA?

Para calcular o IPVA você precisa fazer um cálculo, que multiplica a alíquota do valor do imposto pelo valor total do seu carro. O primeiro valor do imposto nem sempre o mesmo para qualquer indivíduo, isso porque ele varia de acordo com os tipos de veículo.

Mas, o que fazer para consultar essa variação de valores? Bom, na verdade a resposta é simples. Basta que você consulte o site oficial da Secretaria da Fazenda, e lá haverá uma descrição sobre os valores, levando em conta os diferentes tipos de veículo.

Diferenças

Mas, como o objetivo aqui é facilitar a sua vida, vamos te dar uma prévia, para que você tenha noção dos valores.

Todos os automóveis que funcionam a base do óleo diesel têm alíquota de 3%. Já os que funcionam a base de gasolina ou álcool têm alíquota de 2,5%.

Veículos como tratores, ônibus, caminhão, etc., têm alíquota de 1%. Grandes barcos e aviões têm alíquota de 1,5%.     

Para calcular, multiplique o valor total do seu veículo pela alíquota que corresponde à sua classificação.

Por que o IPVA existe?

Esse imposto é arrecadado em todo o país, sem exceção, pago por todos aqueles que possuem um veículo. Segundo o Governo, o valor arrecadado é direcionado para o Tesouro Nacional.

Isso quer dizer que ele deve ser usado em benefício da população, ou seja, direcionado para obras para melhorar pavimentação, por exemplo, direcionado para políticas públicas, ações sociais, entre outros fins.

Todos os indivíduos que pagam o IPVA, pagam para a Receite Federal, e esta é a responsável por direcionar 50% do valor dos impostos ao Estado. Os outros 50% ficam destinados às cidades nas quais os veículos estão licenciados.

Estado de SP

Você já deve ter ouvido falar que o IPVA no estado de São Paulo é um dos mais caros, não é mesmo? Muita gente não entende por que existe diferença no valor dos tributos ao redor do país.

Na realidade, o Senado não estabeleceu um valor único para a cobrança desse imposto, e com isso, não há um padrão nacional, o que dá liberdade para que cada estado cobre um valor, de acordo com o tipo de veículo, bem como o uso de cada um.

Não posso pagar o IPVA. E agora?

Ter um veículo não significa ter dinheiro, principalmente nos dias de hoje, nos quais vivemos um cenário de total instabilidade financeira, devido à crise econômica que atingiu o Brasil há cerca de três anos.

Se você não tem como pagar o IPVA, saiba que existem outras pessoas na mesma situação. No entanto, ignorar a cobrança é sinônimo de ficar inadimplente, e isso pode te gerar graves consequências como a cobrança de altos juros. E se você não paga a dívida, o governo pode se apossar dos seus bens.

Muita gente divide a parcela em três vezes ou cinco vezes, respeitando o valor dos vencimentos. Mas, existem exceções e você pode dividir esse valor em até 12 vezes, se conseguir comprovar que não tem renda para fazer menos parcelas.

Bom, agora você já entende um pouco mais sobre o IPVA 2018, como e com base em que seu tributo é calculado. Não deixe de pagar o seu.

Página Relacionada: Nenhuma Página Informada

Matéria no NoticiadorWeb: IPVA 2018: entenda como é calculado o tributo e com base em que valores

Autor: MKT PortaldoLocador.com

Data de Publicação: 16/02/2018

Esta notícia já foi visualizada 246 vezes.

Esta notícia ainda não tem comentários.

Deixe um comentário

Nome  
E-mail  
Telefone  

Desejo receber notificações se alguém mais comentar a noticia.